JOVEM DE PARAIBANO É DESTAQUE NO ATLETISMO E 2º NO RANKING BRASILEIRO.

IMG-20171105-WA0018O Troféu Norte-Nordeste Caixa/Centro Elétrico de Atletismo Sub-16 2017, encerrado neste domingo (dia 5), na Universidade Federal do Maranhão (UFMA) teve o Rio Grande do Norte como campeão. A equipe potiguar conquistou 28 medalhas nos dois dias (4 e 5) de competições, 15 de ouro, oito de prata e cinco de bronze. O vice-campeonato ficou com Pernambuco (20 medalhas, sendo sete ouros, sete pratas e seis bronzes) seguido por Maranhão com 13 (6, 6 e 1) e Piauí com medalhas 27 (5, 9 e 13).

IMG-20171105-WA0038Das 27 medalhas conquistada pela equipe do Piauí neste final de semana em São Luís, duas medalhas (uma de prata e outra de ouro), foram conquistada pelo paraibanense Vitor Eduardo da Cruz Morais – Vítor ficou em segundo (prata) no salto em distância no sábado, e no domingo conquistou a medalha de ouro no salto triplo – 12,80 m.

Com mais essa vitória Vítor já conquistou dez medalhas em menos de um ano quando começou a treinar e competir pelo IFPI – Floriano, onde cursa Meio Ambiente.

O Troféu Norte-Nordeste Caixa Sub-16 de Atletismo em São Luís (MA), reuniu destaques do Campeonato Brasileiro Caixa da categoria. No total, o evento teve a participação de 176 atletas de nove Estados, Amapá, Ceará, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima e Tocantins, além do Maranhão.

IMG-20171105-WA0019Na edição de 2016, disputada em Maceió (AL), o Piauí foi o campeão ao conquistar 20 medalhas na classificação geral, sendo 10 de ouro, três de prata e sete de bronze. A seleção piauiense foi campeã também nas categorias masculina e feminina.

Na equipe do Piauí tem o maranhense de Paraibano, Vítor Eduardo, de 15 anos, estudante do segundo ano do Curso de Meio Ambiente no IFPI de Floriano. Esse garoto franzino e humilde foi descoberto pelo professor de educação física do IFPI e chamou a atenção do treinador Sidney Santos. O histórico de Vitor é mesmo impressionante, em menos de um ano disputou oito competições e conquistou dez medalhas, sendo duas de bronze, quatro de prata e quatro de ouro.

IMG-20171104-WA0087No Brasileiro realizado em Fortaleza, Vítor bateu o recorde brasileiro Sub 16 no salto triplo. O recorde já foi superado por outro atleta. Mesmo com ventos contra (o que influi no salto) Vítor ficou em segundo lugar.

No Sub 18 Norte Nordeste em Natal, disputado em outubro, ficou em terceiro lugar no salto triplo (apesar de não aparecer seu nome na lista).

Filho de Simonia Maria da Cruz, professora de história, o garoto Vitor se destaca por ser estudioso assim como o irmão Pablo e a irmã Náthalie. Tem como padrinho o senhor Ismael que sempre que possível acompanha o garoto nas competições.

IMG-20171105-WA0021IMG-20171105-WA0069Este ano Vítor foi convocado para competir no Brasileiro Caixa Sub 16, Norte Nordeste Caixa Sub 16, e mais uma vez mostrou seu potencial, falta agora competir nos Jogos da Juventude 2017 (Etapa Nacional) em Brasília ainda esse mês.

Vítor Eduardo é cadastrado como atleta pela Federação Piauiense de Atletismo e na sua categoria de salto triplo Sub 16 está classificado como segundo no ranking da Federação Brasileira de Atletismo.

 

IMG-20171105-WA0041

IMG-20171105-WA0062.jpgA

IMG-20171104-WA0086

IMG-20171105-WA0042

IMG-20171105-WA0040

IMG-20171105-WA0071